NÓS SOMOS DOCMAKERS

Nascemos para inovar. Pensar em novas formas de fazer documentários independentes. Do financiamento à distribuição, passando pelo design de produção, modelos de negócios e relações com o público, acreditamos que tudo pode ser diferente. Se estivermos realmente certos, o Brasil receberá em poucos anos uma enxurrada de novos documentários, lançados por novos talentos.

Os números do mercado audiovisual brasileiro mostram que há uma vontade reprimida de fazer e de assistir documentários, que não se traduz na vontade de financiá-los. Aos governos não interessa liberdade de pauta e opinião. A indústria do cinema tornou-se um importante agente do capitalismo financeiro internacional e as marcas ainda acreditam que podem sustentar um mundo de fantasia para os consumidores e a sociedade como um todo. Nada disso combina com a demanda pós-moderna de construir e revelar realidades distintas a esses interesses, tampouco ao ímpeto e a vontade de expressar a verdade.

Nós acreditamos que as ferramentas digitais hoje disponíveis nos ajudarão a criar novas formas de produzir e financiar documentários em rede. Isso não é novidade. No mundo inteiro já existem experiências bem-sucedidas de mercado de nicho ultra-independentes. Nós, da Deusdará Filmes, já estamos experimentando essa nova realidade e resolvemos arriscar na ampliação dessas possibilidades para outros documentaristas.

 

Assim nasceu a plataforma DocMakers, voltada para a promoção desse novo mercado, a partir de uma crescente rede de documentaristas makers em busca de novas formas de produzir documentários de maneira livre e independente.  Mas somos também um núcleo de formação, uma aceleradora de carreiras e uma distribuidora digital, que pretende criar um novo mercado para documentários no Brasil. Uma ideia pretensiosa, sabemos. Mas também muito divertida e instigante.

Criada no final de 2017 com base em uma vasta experiência e pesquisa internacional nas áreas do documentário, empreendedorismo social e criativo, projetos educativos, culturais e corporativos, nosso objetivo é promover o documentário como linguagem capaz de pautar e debater temas de grande relevância, estimulando a reflexão e o diálogo. Queremos dar luz a histórias e pessoas inspiradoras, capazes de transformar a vida e a sociedade por meio da cultura de paz, justiça social e direitos humanos.

NÓS SOMOS DOCMAKERS

Amamos fazer documentários. Gostamos da vida como ela é. Fazemos do clichê uma ideia na cabeça e uma câmera na mão o nosso manifesto.

 

O Brasil é um celeiro de grandes documentaristas. Nos inspiramos neles e acreditamos no florescimento de uma nova safra de autores. 

Somos parte de uma potente indústria. Visualizamos um novo mercado para a realização de documentários independentes, com inovação em modelos de produção e negócios.

Somos empreendedores criativos. Pensamos como indústria e produzimos como artesãos. Acreditamos no diálogo com as diversas esferas sociais e de mercado. Queremos colocar as organizações e as marcas em contato direto com o mundo real.  

Investimos na colaboração, na relação direta entre os documentaristas e seus públicos. Atuamos na construção de uma democracia audiovisual, com multiprotagonismo e autorrepresentação. 

Somos DocMakers e queremos liberar o fluxo reprimido da produção documental brasileira, impulsionando e engajando novas audiências.

NOSSA ATUAÇÃO

Nosso objetivo é promover o documentário como linguagem capaz de pautar e debater temas de grande relevância, estimulando a reflexão e o diálogo. Queremos dar luz a histórias e pessoas inspiradoras, capazes de transformar a vida e a sociedade. Atuamos em três frentes: 

Somos uma rede colaborativa de realizadores.

Colocamos marcas e organizações em contato com o mundo real. 

Criamos conteúdos próprios e sob demanda.

CONTEÚDO

Acreditamos no poder

da colaboração.


Utilizamos as novas tecnologias para ampliar e engajar audiências.

Promovemos a interação entre documentaristas. 

COMUNIDADE

Criamos o Método DocMakers.

 

Realizamos programas de formação

 em todo o Brasil.

Ministramos palestras e workshops em eventos de relevância e impacto social.

FORMAÇÃO

NOSSA HISTÓRIA

Nosso compromisso com a democracia audiovisual vem de longa data. Nosso idealizador, Leonardo Brant, participou ativamente do processo de construção da Convenção da Unesco para a Diversidade Cultural, promulgada em 2005. Na mesma época coordenou a coleção Democracia Cultural, publicada pela editora Escrituras. O Primeiro volume, Diversidade Cultural, foi organizado pelo próprio Brant. O segundo, Democracia Audiovisual, de André Martinez, traz uma proposta para a sociedade se articular em torno dessa importante causa. O terceiro volume, Artes sob Pressão, traz as ideias de Joost Smiers sobre circulação do conhecimento na sociedade capitalista.

Em seguida criamos a RAIA - Rede Audiovisual IberoAmericana, de onde surgir o documentário-pesquisa Ctrl-V, de Leonardo Brant, uma reflexão sobre a indústria audiovisual global e seus efeitos sobre as culturas locais. Exibido e debatido na New York University (EUA), Ars Santa Monica em Barcelona (Espanha) e outras audiências qualificadas, o documentário foi lançado simultaneamente no cinema (CineSesc, em São Paulo), Televisão (TV Cultura) e internet (YouTube). O projeto foi tema do TEDxESPM em 2012. 

Clique aqui para assistir Ctrl-V

Clique aqui para assistir TEDxESPM 2012

O caminho natural era continuar o trabalho, realizando documentários independentes e ao mesmo tempo estimulando novas formas de criar, produzir e distribuir filmes de forma colaborativa e em contato direto com a audiência, de forma inovadora e disruptiva.

Leonardo convidou o produtor criativo espanhol Carlos Igareda para tornar realidade o seu plano de desenvolvimento de um novo mercado de documentários independentes no Brasil. Carlos vem de larga experiência de gestão de direitos autorais, exposições, educação, redes culturais e filmes. O foco é criar uma plataforma e uma comunidade de sentido envolvida com a produção em larga escalda de documentários independentes voltados para os direitos humanos e justiça social. 

© DocMakers 2020